Universidades americanas atraem menos estrangeiros e culpam Trump 

As universidades americanas estão perdendo a concorrência por alunos estrangeiros e culpam a política anti-imigração imposta pelo presidente Donald Trump. Dados do próprio governo mostram que as matrículas de estrangeiros caíram 3 pontos percentuais no ano escolar 2016/2017 e deve dobrar neste ano. Por outro lado, ao mostrar mais receptividade, universidades em outros países devem registrar crescimento. A Austrália – um dos maiores competidores dos Estados Unidos – teve aumento de 12% na matrícula de estudantes internacionais no ano passado, de maioria muçulmana, como Malásia e Indonésia e no Oriente Médio. As universidades do Canadá, China, Nova Zelândia, Japão e Espanha também registraram aumento de dois dígitos nas matrículas internacionais, de acordo com dados do Instituto de Educação Internacional sem fins lucrativos. Este cenário, que implica perda de arrecadação, fez com que diferentes grupos de educação superior pedissem recentemente esclarecimentos à Casa Branca. Clique aqui para ler matéria completa.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s